Analisa a qualidade do código COBOL/CICS/VSAM/DB2 e sua aderência às normas e padrões da instalação com relação à nomenclatura de arquivos e dados, comandos proibidos, acesso e gravação de Banco de Dados e processos “on-line”.
Fornece informações para gerência da qualidade de código produzido (dashboard, índices de qualidade, etc).
Quantifica, através de métricas (function points), o esforço requerido para o desenvolvimento, quer seja ele feito internamente ou através de terceirização.